Monografia (Dissertação, Tese) PDF Versão para impressão

Forma de Comunicação Científica Forma de Comunicação Científica

 

Estudo minucioso que se propõe esgotar um determinado tema. O seu caráter monográfico é um aval de sua qualidade e sua contribuição no avanço científico, onde há lugar tanto para a argumentação puramente dedutiva, interpretativa como para o raciocínio indutivo baseado na observação e na experimentação.O objetivo de uma pesquisa é fundamentalmente a análise e interpretação do material coletado, aferição dos resultados e avaliação do avanço que ela representou para o crescimento científico da área.

É importante ater-se ao substancial da pesquisa, não se perdendo em grandes retomadas históricas. Não se pode falar de tudo ao mesmo tempo numa mesma monografia. A estes aspectos pode-se referir, citando-se as fontes competentes, sem necessidade de reproduzi-las a cada novo trabalho visando ao mesmo tema. A coerência interna do texto é imprescindível e ela se impõe em dois níveis: primeiro, a coerência lógico-estrutural da articulação do raciocínio; segundo, a coerência com as premissas metodológicas adotadas.

 

O nível de profundidade com que o trabalho científico é realizado pode determinar o caráter científico da monografia:

  • Trabalho de iniciação científica
  • Trabalho de conclusão de curso (graduação)
  • Monografia para conclusão de curso de especialização
  • Dissertação de mestrado
  • Tese de doutorado Observações Técnicas Específicas

 

 

Observações Técnicas Específicas


As monografias científicas a serem desenvolvidas nos cursos de pós-graduação, sejam a dissertação de mestrado, sejam a tese de doutorado ou demais trabalhos de alto nível, devem seguir normas metodológicas gerais tais como as normas bibliográficas, também no que diz respeito à forma, e precisão na sua apresentação.

 

Tese


A Tese é um trabalho científico monográfico exigida para conclusão do Curso de Doutorado. Neste estudo, a pesquisa pode ser teórica, de campo, documental, experimental, histórica ou filosófica, mas sempre versando sobre um tema único, específico, delimitado, restrito e original.

"Com maior razão do que no caso dos demais trabalhos científicos, uma tese de doutorado deve realmente colocar e solucionar um problema demonstrando hipóteses formuladas e convencendo os leitores mediante a apresentação de razões fundadas na evidência dos fatos e na coerência do raciocínio lógico"*.

* Ângelo D. SALVADOR, Métodos e técnicas de pesquisa bibliográfica, p.169. Sebastian A MATCZAK, Research and composition in philosophy, p. 16.

 

Dissertação (de Mestrado)


A denominação de Dissertação é dada ao trabalho monográfico de conclusão do Curso de Mestrado, deve ser elaborada de acordo com a lógica do trabalho científico, como nas teses de Doutoramento e de Livre-docência, com a diferença, no entanto, quanto à originalidade do trabalho.

O mestrando está vivenciando uma experiência nova, e dele não se pode exigir a plenitude da criação original, mas sim o desenvolvimento de um tema científico com o qual o candidato comprova que, além de cumprir os estágios e créditos obrigatórios, atingiu a primeira fase do currículo de um pesquisador voltado para o ensino.*

* Ângelo D. SALVADOR, Métodos e técnicas de pesquisa bibliográfica, p.169. Sebastian A MATCZAK, Research and composition in philosophy, p. 16.

Forma de Comunicação Científica Forma de Comunicação Científica